Morre mulher que teve 60% do corpo queimado pelo tio.

Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

Morreu na manhã desta quarta-feira (13) no Hospital Geral do Estado (HGE) em Salvador, Ângela Cristina da Silva Trindade, de 30 anos, que teve 60% do corpo queimado pelo tio José Alcântara, de 66 anos, após ficar mais de um mês internada. O crime ocorreu no dia 11 de outubro, na comunidade de Mucambo, zona rural de Livramento de Nossa Senhora, no Sudoeste da Bahia.

Conforme informação da polícia repassada ao portal Folha do Vale, a confusão teve início após José pedir para o irmão desligar o som do carro, como não houve acordo o acusado teria colocado fogo no veículo. Ângela e o esposo Aurélio Silva Oliveira, de 29 anos, ficaram feridos.

O casal deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), posteriormente Ângela foi transferida, já o esposo recebeu atendimento e foi liberado.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, no decorrer das investigações ficou claro que uma herança teria motivado a confusão entre os irmãos. José foi preso no mesmo dia na cidade de Paramirim, onde permanece custodiado.

 

 


EDIÇÃO: JOÃO MIGUEL


Últimas Notícias
Travessa Cicinato A. Fernandes - Centro - Guanambi-BA - (77) 9 - 9962-3188