Daniel Almeida critica articulação política de Bolsonaro na reforma da Previdência: “PSL bate cabeça”.

Política

Segunda-Feira, 11 de Março de 2019

O deputado federal Daniel Almeida reforçou nesta segunda-feira (11) uma percepção corrente no meio político em Brasília, tanto entre quem é da base quanto da oposição: a articulação política do governo Jair Bolsonaro pode prejudicar a tramitação da reforma da Previdência.

Segundo ele, há uma “dispersão da bancada de sustentação ao governo”, o que, junto à impopularidade do texto, pode inviabilizar as chances de ela ser aprovada. A reforma é a principal plataforma da gestão.

“A pressão da sociedade aumenta, e as dificuldades de maioria na Câmara são evidentes. Ninguém quer se vincular a esse clima tão árido. Há também um outro elemento que é uma dispersão da bancada de sustentação ao governo, principalmente o PSL, que é quem mais deveria dar o exemplo, mas bate cabeça”, criticou o parlamentar, em entrevista ao BNews.

Coordenação da bancada baiana

Um dos nomes que disputa a coordenação da bancada de deputados federais baianos na Câmara, Almeida disse que não haverá problemas se a questão for decidida no voto. Além dele, José Rocha e Félix Mendonça Jr. - atual coordenador - concorrem ao posto. Os três tentam articular que os parlamentares conduzam alguém por consenso, para evitar bate-chapa.

“Natural que se faça uma escolha com manifestação do voto. Busca-se sempre dialogar, mas não vejo prejuízo se tiver que ter voto”, afirmou.


Por: Bocão News


Últimas Notícias
Travessa Cicinato A. Fernandes - Centro - Guanambi-BA - (77) 9 - 9962-3188